O exercício da mediunidade

O exercício da mediunidade

O médium na terra é um vaso que ainda não é transparente como a sua própria alma deseja e como o universo deseja.

Mas a mediunidade bem exercida é luz em ação em favor dos seres terrenos e de outras dimensões.

Pena que poucos estejam na condição de exercê-la como devem.

Mas os espíritos do Senhor bondosamente se utilizam do potencial de cada um, e bem que eles gostariam que essa comunicação fosse bem facilitada e mais contínua.

Sabemos que o estudo é ponto básico para que o médium comece a sua iniciação na medicina de Jesus.

É somente através dessa fonte generosa do conhecimento que vai engrandecer o candidato abnegado ao amor ao Cristo,

e a mediunidade ostensiva ou não..Sem a vinculação dessa linha à fonte luminosa ela não se purifica.

Há médiuns e médiuns. Que cada um deles possa avaliar o seu desempenho como tal dentro da sua função maior que é a de servir ao mestre Jesus.

O médium não basta exercer as suas faculdades cognitivas de energias, mas exercê-la com competência, amor e com a consciência de que quanto mais exercita as suas energias curativas,   mais necessita para que esta faculdade inerente ao homem possa se tornar mais elástica, mais vibrante, mais refinada.

Todos somos médium ou canais portadores de condições favoráveis ao esenvolvimento na certeza de que somos os interessados nesse processo que não se estanca de vida para vida. Energias que circulam em movimento positivo, retornam da mesma forma.

A função da mediunidade no homem moderno é fazer com ele entenda de que é portador de um manancial de energias positivas e restauradoras da saúde de inúmeros seres enfermos, sejam desencarnados ou encarnados como almas seculares.

Portanto, o médium pode abusar do uso de suas faculdades medianímicas para o bem, pois ela se recompõe   em   minutos. Se esse exercício é consciente torna-se uma grandeza para a alma candidata a esse ministério.

Mediunidade é fonte de evolução. É doação que não exige e nem negocia nada como troca. Negociá-la em seu proveito é deixar o seu campo de ação de cura embotado.

Sendo o médium portador de várias faculdades em raios selecionados de ajuda, tem o dever abençoado de rever o seu coração e a sua  postura como tal.

A energia gasta durante um intercâmbio entre os dois planos é valorosa aos servidores do astral que amorosamente esperam que essa freqüência do servidor terreno seja aumentada.

Todo intermediário dos espíritos na terra que se prontifica a saudar os que sofrem com a sua energia, recebe do mundo superior uma senha que lhe servirá de escudo durante a sua trajetória na terra.

Ser médium do bem estar de muitos não se constitui nenhum favor, e sim um compromisso da alma que deseja resgatar parte do seu passado com um trabalho que não chega a ser árduo,   mas gratificante e prazeroso que sem dor parte do seu coração à inúmeros outros corações.

A preocupação do desgaste ou da maledicência pelo servir ao Cristo não deve existir, e sim fazer com a gratuidade de alma e coração por compreender que está desempenhando um papel bendito que é o de ser intermediário de Deus na terra.

Que a fonte eterna do bem acolha a todos os companheiros que se encontram em labor cristico.

Que a luz divina que eclode das almas que se conectam ao desprendimento das fibras do seu amor através da mediunidade se faça entranhar em todo o seu desejo de compreender esse dom para enfim encher-se de carinho, amor e abnegação à tarefa de servir aos que sofrem.

Sem ter os principais recursos para avaliar e medir o grau de importância que tem a mediunidade com luz, abraço-os firmemente como amigo, irmão e trabalhador de Maria de Nazaré e do Cristo Jesus:

 Luiz Sérgio

          Canal: Francyska Almeida - 120508-Fortaleza-Ce.

                                

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!