Meus pés

 Meus pés

 

Tenho vocês meus amados pés

Como amigos e sócios infindáveis  

Da busca do conhecimento

E da sabedoria infinita

Para o exercício pleno do amor

Às vezes sinto-me frágil

Mas vocês me alentam e não me deixam cair

Têm paciência e tolerância comigo

Suportam em silêncio meus amargos momentos 

Tem horas que pressinto

Que tentam me conscientizar sobre algo

Porém, de forma bastante   imprudente

Sigo por outros caminhos

Mas independente dos meus equívocos

Vocês estão sempre comigo

Velando-me nas minhas decisões

Envergonho-me de algumas

Mas no íntimo sei que vocês não concordam

Com os meus desvios e deleites

Conflituosos e às vezes até ofensivos

Mesmo assim você me conduzem

Aonde teimosamente desejo ir

 

No entanto, amados amigos

Não me deixem preso ao rodapé da minha ignorância

Faz-me sentir cada vez mais forte

E mais consciente dos próximos passos

Que atento deverei caminhar

Permitam que eu seja senhor das minhas atitudes,

Para que em sintonia, caminhemos juntos

Felizes e determinados em nossas vidas

 

Reconhecido, eu muito lhes agradeço

Todo o carinho e a vossa eterna compreensão.

                          Antero de Quental

Canal: Francyska Almeida-2005-Fort-Ce-Brasil.

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!