Eu tenho saudades

 Eu tenho saudades

Tenho saudades do meu tempo de menina

Dos biscoitos que comia

Do feijão gostoso que minha mãe fazia

Dos carinhos que ela me dedicava

Eu tenho saudades de mim

Das minhas bonecas douradas

Que não falavam como as de hoje falam

Eu tenho saudade da amiguinha  Laurinda

Que eu com carinho a chamava de “Lau”

Eu tenho saudades de mim

Porque um dia fui pequena

Sem recursos, mas mesmo assim era muito feliz

As menores coisas eram grandes para mim

Agradecia a todas que ganhava

Mesmo aquelas que aparentemente

Não tinha importância para muitos

Mamãe me ensinou e eu aprendi

Que tudo que a gente ganha tem valor

E eu sempre ficava contente

Até com um biscoito que me davam

Um dia, ainda pequena eu saí da terra

E senti lá em cima que devemos

Ser grata a tudo que recebemos

A tudo que temos, desde a nossa família

Aos nossos brinquedos, a nossa casa

A nossa rede ou a nossa cama de dormir

Até o tapete que a gente pisa

Mesmo que esteja velho e surrado

Mamãe com carinho me ensinou

Que devemos sempre agradecer

A tudo que ganhamos, e a tudo que temos

Hoje agradeço e relembro com saudades

A sua doce presença em minha vida

Que me fez ser a pessoa que hoje sou

Mesmo distante das suas asinhas de mãe

Envio-lhe o meu beijo de saudades

Mamãe: de onde você estiver

Que possa escutar a minha gratidão

Pelo amor e a educação que tive ao seu lado

Na escola amiga chamada terra 

Como filha    e   como irmã 

 Em um bendito e   abençoado lar. 

                                Veruska   

            Canal: Francyska Almeida-Fort-Ce.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!