A CHUVA

A CHUVA

 Ela chega varrendo o planeta e nos traz  esperanças  

 De chão verde, frutos, folhas, grãos, flores e alimentos

 A chuva nos deixa relaxados porque temos
 

Um encontro divino com as suas energias purificantes

Céus e terra se conectam em louvor e agradecimento
 
Irrigando o chão castigado pela seca necessária
 

A chuva chega de mansinho em forma de garoa

 

E algumas vezes junto com a fúria dos ventos

 

Dos vendavais, dos furacões, das tempestades...

 

A natureza é muito sábia, quieta releva as agressões

 

Mas não aprecia ser agredida

 

Termina respondendo às vezes bruscamente

 

Porque tem sentimentos, uma vez prejudicada

 

Grita por socorro, chora e enche-se de dor

 

Chuvas são lágrimas generosas do Criador

 

Remetendo-nos o seu amor através de cada gota que cai

 

Água é bebida valiosa que nos dá alento

 

Matando a nossa sede, vivificando o nosso corpo físico

 

Com a pureza da natureza divina e atenta

 

Água: Fonte da vida que dela precisamos cuidar

 

Para que mais tarde não falte como nosso alimento

 

E de outras gerações que um dia aportarão

 

No novo planeta de luz e completa paz!

 

 Augusto dos Anjos
 

 

Canal: Francyska Almeida-210605-Fortaleza-Ce.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!