Um ser de luz chamado Francisco

 Um ser de luz chamado Francisco

 

Havia um homem que se cobria de andrajos, não exatamente por ser pobre, mas por humildade, sentimento que combinava com a energia do seu coração.

Francisco era o seu nome.

Era coberto de amor, porque respirava amor.

Ele era todo amor.

Revolucionou sua época.

Desafiou castas.

Incentivou os dotados de boa índole a segui-lo.

Ninguém que conhecia o seu trabalho ousava criticá-lo.

Não  cultuou os seus andrajos, mas a sua pureza, a sua magnitude, a sua humildade e o amor a si e ao próprio Cristo a quem servia de corpo e alma e a quem continua servindo até hoje.

Esteve junto aos pobres de espíritos.

Desafiou a ciência da época ao conversar com animais, pássaros e peixes.

 Francisco honrou o Mestre a quem lhe trouxe a sabedoria do seu Evangelho e que a seu pedido doou-lhe as suas próprias chagas.

 Ao pregar com o coração viveu o seu ministério de santidade e amor.

Fundou sua ordem para que todos os seus simpatizantes viessem a copiar no futuro os seus exemplos de abnegação, caridade e desprendimento.

Francisco jamais acusou, jamais lamentou, e aguardou serenamente em seu berço de dor a sua hora.

Deixou para nós não apenas santidade, mas amor ao Cristo, amor a Deus e a sua natureza.

Hoje Francisco não consegue se despedir dos irmãos da terra, e os ama bendizendo-os a todos com o seu peculiar amor.

Serenamente cuida da natureza e do processo dolorido que passa a Terra.

Francisco é luz que jamais se apaga, porque trabalha diretamente com a energia do seu mestre e mestre de todos nós: Jesus Cristo.

Paz, com a  melodia do seu doce coração.

                                              PAX

Canal: Francyska Almeida-Fort-Ce.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!