Sondando a luz azul

 Sondando a luz azul

 

Sentindo o cheiro do coração da Deusa mãe, vamos entrar na sua dimensão onde os raios da liberdade e do amor são azuis.

Maria ama o seu azul celeste.

Distrai-se em cor azul e se desfaz com suas pupilas em meditação no seu santuário azul.

E dentro dele ela dispõe ordenadamente as suas trabalhadoras. Por questão de disciplina, cada uma ocupa o mesmo espaço durante as meditações.

O santuário mariano é um local de rara beleza.  É ornamentado com lírios, miosótis e rosas azuis.

As paredes são decoradas com belíssimos afrescos e neles figuram cenas que tratam do seu trabalho de acolhimento aos ventos da terra.

O santuário de Maria é simplesmente belíssimo!

Águas jorram das duas fontes localizadas nas suas laterais.

São fontes luminosas que de vez em quando muda de cor para projetar o seu amor para os locais antecipadamente escalados.

Maria de Nazaré flutua ao centro e faz a sua palestra.

Atentamente todos acompanham as suas delicadas palavras e em seguida as suas projeções de luz.

Muitos cânticos são entoados em favor dos filhos da terra.

Muitas orações são proferidas por suas amadas trabalhadoras.

São momentos de solene integração.

O perfume das flores ali expostas invadem o local.

Maria de Nazaré sopra seu amor a todos.

Anjos ladeiam-lhe em fervor.

As suas recomendações são contundentes: Amem mais e perdoem mais!

O silencio e a atenção bailam naquele ambiente reservado as celebrações marianas.

Um coro de muitas crianças embelezam esse festivo momento!

Maria de Nazaré ao vê-las entoando a Ave Maria, chora emocionada porque lembra das inúmeras crianças abandonadas ao relento de todas as cidades do mundo.

Maria de Nazaré acredita no amor que transforma. Ela afirma e acredita em uma reviravolta na vida das criaturas

O amor há de realizar a grande transformação nos corações terrenos.

Os convidados que não adentraram aquele ambiente por motivos de compromissos outros, acompanham à hora da prece dedicada as vibrações.

Maria de Nazaré se volta a todos em agradecimento ao Cristo Filho e as presenças amigas de suas trabalhadoras que sempre estão ao seu lado.

Maria de Nazaré renova o convite para que “Amemos e perdoemos mais”.

Agradece as luzes envasadas azuis como sendo um um premio sagrado.

Em cânticos de louvor encerra a cerimônia de amor.

Agora rememore livremente os momentos dessa meditação e refaça os passos e se situe em sua vida.

Enquanto meditam, reflitam sobre o seu momento e peça a nossa Mãe forças para encontrar o caminho a ser seguido.

Sinta sobre você a mão amiga e protetora de Mãe santíssima.

Volte a sua realidade encorajado para recomeçar todos os seus

projetos de luz.

Volte-se ao valor da vida.

Compartilhe esse momento com os demais e guarde-os em sua alma.

Com o amor azul carinhoso de  Maria de Nazaré.       

                            

                                                                                                     

Fiquem em luzes azuis de paz e serenidade.

Assinamos: A Corte Azul Celeste.

Canal: Francyska Almeida-161109-Fort-Ce.


 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!