O manto sagrado dos mestres

 

 

Salve as divindades do universo!

Salve a força do coração de todas elas!

Salve o amor que é o pai de tudo e de todos!

Todos os mensageiros crísticos que ascenderam para o progresso perfeito da vida, receberam do Criador as suas vestes luminosas plasmadas, os seus adereços que correspondem ao poder das suas virtudes.

Braceletes, emblemas, varões, cetros, símbolos, véus, todos representam o amor que já conquistaram em um limiar de experiências infinitas.

Os mestres ascencionados foram pessoas comuns como todos vocês na terra, mas se elevaram com meticulosidade das suas sacões de amor e abnegação.

Quando um trabalhador da luz vislumbra o conjunto de suas indumentárias, se deslumbra, isto é, se tiver a sensibilidade de captá-la com detalhes.

Mas esse simbolismo representa a gratidão de todos eles a Deus, pois são provas do seu reconhecimento aos relevantes serviços prestados a humanidade.

Não tenham dúvidas, cada um de vocês que habita a terra está a caminho desses troféus do coração e do espírito da essência imorredoura.

Deus em cerimônia oferece a todos o manto sagrado do amor evolutivo.

Entendam que esse processo foi gradativo, pois que todos sabem que não se percorre o caminho da perfeição de forma rápida e antecipada!

Somos os mestres do amor!

Somos os mestres do trabalho crístico. Não nos poupamos quando o assunto é ajuda as almas.

O posto de mestre equivale a dizer que ele representa um currículo extenso de serviços prestados ao próximo.

O caminho do autoconhecimento, da doação e do amor aos desvalidos é longo, e nós já o percorremos com muito afinco.

Independente de nomes, somos os trabalhadores de Deus em serviço de amor constante.

Todo aquele que desejar um dia vestir o seu manto sagrado, precisa deixar cair à toga do orgulho e da vaidade para tentar se subdividir em amor sem desvanecer a quem necessita.

Deus, o foco de luz de nossas vidas agradecerá a sua caminhada evolutiva que faz chegar mais perto da sua energia perfeita.

Em humildade cheia de luminosidade, gostaríamos que as criaturas se sensibilizassem para serem melhores saindo de si para ir à busca dos infelizes e infortunados.

Em símbolos de amor, em encanto e beleza pela feliz oportunidade de servir ao amor, somos felizes por estamos sempre em caravanas nos fazendo constantemente de luzes purificadoras para sanear a terra enferma.

Venceremos as condensações deletérias que a sua atmosfera já absorveu, e que agora precisa ser limpa por todos os trabalhadores da luz e pela contribuição transformadora que vem do seu íntimo.

Com as cores e a luminosidade dos nossos mantos de mestres ascencionados através da bondade divina com vocês e para vocês, sou o mestre Lanto, que também em conivência com a sabedoria universal viveu na velha Atlântida perdida!

Canal: Francyska Almeida - 0510 09-Fortaleza /Ce.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!