Mensagem aos Pais

Mensagem aos Pais

Quando estive por esse planeta em que vivem estava atento a evolução das coisas.

Hoje não da mais tempo para vocês respirarem. Logo tudo muda.

Mas percebo que as pessoas estão muito atentas as novidades que surgem no mercado brasileiro em relação ao setor tecnológico.

Mudam de computador, carros, celulares, sons, MPs ou qualquer coisa do tipo.

Alguns não resistem à troca, e já descartam os anteriores que consideram ultrapassados.

É uma onda que contamina da criança ao idoso.

Fico a imaginar: E o cuidado com a alma, com a alimentação, com os demais comedimentos da vida?

Não é mais razoável pensar assim?

Culto a tecnologia e por que não dizer: Ao esbanjamento?

Lamentavelmente a vaidade humana é ainda muito acirrada.

Ninguém que ficar ultrapassado, ou melhor, fora de moda.

Por que a moda nos preocupa tanto?

Por que precisamos estar com o ultimo lançamento de um bichinho instigante como é o celular?

Útil sim, mas em um dos mais modernos a voz se torna igual e a utilidade é a mesma.

Mas o que se sabe por aqui é que esses sofisticados aparelhinhos fazem um mal incrível a saúde.

O que eles emitem atingem as ondas cerebrais produzindo cansaço nos neurônios.

E o agravante são lesões e tumores de algumas nuanças.

Sem contar com o descartamento no planeta desse material infeccioso e cheio de radioatividade.

Bem, mais informações a respeito não tenho como fornecer, pois não sou técnico e nem especialista nessa área.

Mas outro dia vi uma cena em cima desse assunto que fiquei surpreso.

Cheia de orgulho uma mãezinha colocava o aparelhinho em um ouvido de um bebê de aproximadamente seis meses para que o pai mandasse um recadinho para a coitada daquela criança que nem presume o que seja comunicar-se ao telefone.

Na sua inocência a criança achava engraçado, mas na tinha como responder.

Mamãe continuava feliz com o “talzinho” no ouvido do bebê, mas ele continuava no seu mundo sem entender absolutamente nada daquele ato.

Uma mente adulta tem cada atitude que não dar para acreditar.

E fiquei a imaginar: Já pensou na continuação daquele ato e a interferência naquele cérebro infantil daqui a algum tempo?

Sinceramente é um carinho de muito mau gosto.

Crianças meus amigos, é um entezinho tão doce que não merece nada de grosseiro.

Convido aos pais a pensarem um pouco mais na saúde dos seus bebezinhos.

Está escrito na Lei Divina que reside na consciência humana: “Que fizestes dos filhos que a ti confiei”?

Pais e mães precisam observar o seu próprio comportamento para incutir na mente das suas crianças as regras do bem viver.

Nenhum luxo é mais importante do que o equilíbrio das criaturas.

Moda passa, mas os bons ensinamentos perdurarão na alma para sempre.

Que proposta mais triste os pais se preocuparem em manter os filhos atualizados com marcas que é algo tão supérfluo!

Se soubessem a grande responsabilidade que trazem em seu espírito que é o de encaminhar as almas ao bem, não entrariam nessa de moda.

Lembram de shoppings e dar o que eles pedem, mas não aplicam a disciplina, a moral cristã, ou a maior religião que se conhece: O amor.

As famílias estão muito desestruturadas, desagregadas. Não se vê mais o almoço à mesa, e nem a preocupação com os jovens que saem cedo livremente para os seus “inocentes bailinhos.”

Estive outro dia em uma dessas “baladas” que não deveriam ter esse nome. O nome certo deveria ser "Infernadas"

Nesses bailes “rola” tudo que é amoral.

No baile rola os desequilíbrios, os excessos, e com essas dosagens os amigos desencarnados arraigados a essas causas fazem um público bem maior do que aquele que está a se movimentar freneticamente.

Formas-pensamentos bailam no ar.

Espíritos viciados, armas plasmadas dançam de maneira desvairada.

Os garotos tomam forma diferente.

As garotas se jogam se embalando ao som dos irmãos enfermos que também buscam a alegria e o prazer incontido.

Fico a refletir: Que juventude mais desenfreada!

Que companhias angariam para si e levam para os seus lares após uma noite de um desses embalos frenéticos?

Sem contar com a entrada na porta dos vícios que combinados ficam para nunca mais deixar de lado o terror emocional!

Pobres meninos.

Pobres meninas!

Pobres pais, como responderão mais tarde por ter soltado e expostos os seus bens mais preciosos do mundo às viciações terrenas?

É profundamente lamentável.

Quantos desses jovens já partiram de overdose sem que os pais divulguem a real causa morte?

É urgente o retorno a boa moral e aos bons costumes.

Tudo isso é uma agressão a preciosidade da vida, mas os pais são os avalistas dessa façanha.

Hoje é moderno deixar os filhos fora de casa sem ao menos observar as companhias que eles tem.

Mas quem vai ousar violar a consciência de uma mãe que não suporta ser contrariada?

Ninguém pode deixar um filho ao abandono, sem a menor coordenação.

Um filho não pode fazer o que quer na adolescência.

A base da vida de qualquer pessoa é a infância. Se essa personalidade não for moldada a partir do nascimento, mais tarde será muito tarde.

Pais e mães: mantenham a base da fé, da verdade, da honestidade e dêem a educação que o seu filho veio buscar junto a vocês.

Todos vêm para melhorar-se. Mas para que nos portemos como pessoas disciplinadas é preciso que recebamos a disciplina com amor.

A família é o pedestal da vida. Se desequilibrada for, dificilmente não será equilibrada para as suas próximas gerações.

Instrui-se com amor e com Deus no coração.

Dar amor é dar disciplina.

Disciplina é jogo ganho para as próximas etapas da nossa vida.

Limites é necessário e respeito também.

Moda passa, disciplina amorosa fica.

Não acreditem que liberdade não vigiada e em excesso seja o caminho.

Como vivi muito e trabalhei muito, acredito no caminho do trabalho e da responsabilidade.

Não é todo jovem que complementa a ocupação do seu tempo com esporte, estudo de línguas, leituras edificantes, trabalho produtivo, cursos de aperfeiçoamento, etc.

Há jovens que somente estudam um expediente e o restante do dia fica ocioso.

O trabalho, o exercício da mente, mãos ocupadas faz com que nos sintamos mais úteis.

Há mães que criam seus filhos como sagrados bibelôs.

Esquecem-se de que um dia partirão e deixarão seus filhos deficientes emocionais necessitados de bengalas para se conduzirem na vida.

O trabalho é uma realidade.

O estudo é outra realidade.

O limite precisa ser entendido e praticado para que o respeito e o amor se faça presente no seio familiar.

Quem ainda pensa que modernidade é deixar os filhos livres e sem controle está precisando repensar os seus direitos e deveres de pais enquanto na terra.

Moda passa.

Disciplina fica como abençoada herança.

Não cremos em modernidade quando o respeito, a disciplina e o amor são desprezados.

Como pai posso falar e como espírito em aprendizado também.

É preocupante o momento em que os valores estão se dissipando no tempo.

Mas ainda podemos repensar os valores reais da alma.

Deus, aplicação da moral, da educação e dos bons hábitos formam a ética que o ser humano necessita para se encaminhar como espírito eterno na valorização da vida esclarecendo-se dentro da sua realidade.

Pensar diferente é enganar e jogar pro alto a responsabilidade que é de ser pai ou pai ou mãe para o encaminhamento de suas crias no planeta terra.

Regras, moral, disciplina, ética, educação são princípios seculares que jamais caducarão nesse século e nem nos vindouros.

Atentos podemos estar nas individualidades que chegaram à terra através de nós.

Somos parte dessa sociedade que acusamos tanto.

Fica a pergunta: O que estamos fazendo por nossas crianças, educando ou os viciando através da nossa falta de comprometimento com a vida?

O mundo precisa de homens de bem.

O mundo dos pais precisa acordar para que eles se sintam diretamente responsáveis pela reeducação das almas na terra.

Sem essa premissa, o mundo se tornará cada vez mais enfermo e a escuridão estará presente nos corações voltados aos valores supérfluos da vida.

Enganados, vamos sofrer.

Enganados vamos retornar muitas vezes para aprendermos as regras básicas da vida com a supervisão do amor de Deus.



Um jornalista a serviço da vida equilibrada e feliz.

Canal: Francyska Almeida- Fortaleza /Ceará

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!