A chegada de um empresário no mundo céu

A chegada de um empresário no mundo céu

 

A vida terrena é muito questionada, mas a espiritual muitos dizem ser uma incógnita. Realmente   para aqueles que tem pouca fé, tudo é extremamente inusitado ou duvidoso.

Se  somos corpo e alma devemos questionar tanto a vida no corpo quanto a vida da alma que viverá eternamente. Devemos questionar muito mais as nossas paixões terrenas, que é exatamente o que nos inviabiliza o bem estar à nossa chegada em retorno a verdadeira pátria.

Provavelmente muitos possam dizer: mas quem “morre” nunca vem falar de onde está, então não admite a vida do espírito que o fez direcionar-se enquanto esteve na terra.

Alhures ninguém veio para confirmar a imortalidade da alma!

 É que a nossa vaidade ainda é tão grande que não temos a coragem sequer de folhear e ler uma das páginas de um dos milhares de livros existentes atinentes a esse assunto espalhados pelas livrarias de todo mundo.

É bem mais prático vivermos na ilusão e a verdade para nós em determinados casos, fere a nossa suscetibilidade de homem invencível à fé.

Mas como todos farão essa viagem inconfundível quero lhes falar de mim especificamente.

Não foi difícil me sentir flutuante, de roupa nova e de cara nova também.

Dormi porque é sempre necessário esse sono para que não nos afetemos com os gritos saudosos de quem ficou na terra.

A verdade é que nesse sono entre um tempo e outro despertamos e as idéias ficam meio vagas, mas logo vem a sonolência providencial preparada pelos benfeitores do espaço.Para mim logo senti que meu tempo havia terminado e a minha missão fora cumprida na terra, não foi nada mal me sentir rejuvenescido e em forma para recomeçar. É lógico que tive contato com alguns grandes amigos que juntos estivemos por longas datas, o que nos dar sempre um profundo conforto.

A saudade se torna mais clara e mais consciente, finalmente logo compreendi que o que ficou na terra não mais me pertencia .Eu era agora alguém livre do fardo carnal com discernimento e boa vontade para reescrever a sua nova história.

Todos aqueles que na terra são reconhecidos como filhos ilustres, tem um aparatozinho nesse campo, ficam isolados uns tempos para entrar no seu recomeço. Ouvir os “ais” da terra não é legal para nenhum espírito que volta ao seu verdadeiro lar. Mas enfim, os anjos bondosos me trataram muitíssimo bem para que eu logo restabelecesse o contato comigo mesmo fora da matéria e continuasse a tocar o meu barco do lado de cá.

Engraçado, no dia em que estava completamente restabelecido ensaiei alguns passos e foi uma sensação agradabilíssima. Nesse momento veio à minha mente a minha amada Lili. E agradeci a Deus por tudo através de um filme que passou em minha mente e ofereci aquele meu recomeço como espírito trabalhador a ela. Pensei:  como ela estará e orei pela sua saudade. Afinal éramos duas almas afins e muito felizes. Mas agora eu teria que entrar no novo clima. Não temos espelho para nos mirarmos, mas percebi de pronto que eu estava bem mais jovial, mas continuava jornalista, profissão que sempre foi a minha grande paixão.

Deus me concedia a graça de continuar escrevendo, o que agradeci ao universo essa maravilhosa benção.

Como um bom  curioso comecei a excursionar.

Passei a sentir a beleza dos píncaros espirituais. São países tal como vemos no globo terrestre. Desvendar todos os chamados mistérios é impraticável.

Conclui-se que o saber é ilimitado e até mesmo os grandes mestres continuam a aprender sobre o universo inenarrável.

Fala-se aqui  que se conhece apenas um grama da Verdade, por aí vocês podem imaginar.Os grandes estudiosos, cientistas, pesquisadores que aí recebem os seus troféus pelas suas descobertas, não se iludam, é muito pouco em relação ao que o nosso Ser supremo tem guardado!

O mundo espiritual é repleto de moradas que são as casas do Senhor, cada um vai para a sua e contribui dentro do que está no seu limite de pensamento ou nas áreas a que entende e se afiniza.

Aqui caríssimos amigos, a verdade maior é o amor em plenitude.

Quem ama realiza tudo que está ao seu alcance com o poder que tem esse amor que já conquistou. Quem ama, não tem apego a nada e nem a ninguém porque esse sentimento prevalece nos deixando livres para agirmos de acordo com o nosso potencial de doação interna.

Quem ama se disciplina para si e para sempre.

Assim meus amigos, fui para os bancos das escolas que há por aqui para aprender as regras básicas da vida, especialmente a disciplina. Hoje tenho um conceito maior de disciplina, ética, respeito, e entendo que cada um vai se reciclar na medida em que vai necessitando.

Passei também pela escola de Jornalismo, um tanto quanto diferente daquelas que cursamos na terra. Pasmem, estudamos as matérias da vida e terminamos o curso que em nada se parece com aquele que fizemos com direito    a nossa identificação de profissional formado.

Esse mundo paralelo que não conheceis nos oferece qualquer tipo de informações, desde que nos mostremos aptos a absorvê-las.

Certo dia, fiquei curioso para conhecer uma região onde habita somente aqueles que não se adequaram a energia da terra, isto é, fizeram o que não deviam e perderam o direito de retornar a ela pelo menos por 60 anos.

Fui informado que lá não posso entrar. Primeiro: quem desembarcou e está lá não pode receber visitas porque naturalmente é um novo educandário que os acolhe para que revertam os seus processos. Chama-se Casa de Deus. Não posso entrar para conhecer, porque somente espíritos de altas hierarquias fazem o seu trabalho por lá que consta de terapias, aplicação de luzes, palestras, etc.Fui informado que são almas muito perversas, almas corruptas, e por aí vai. Fico a lembrar dos nossos brasileiros que comandam as leis e os políticos que estão a fazer as suas negociações atrozes contra o tão sofrido povo brasileiro e outros mais...

Disseram-me também que não é nada fácil para o espírito ficar se redimindo dessa maneira. Mas infelizmente quem planta colhe. Nós somente oramos e vibramos para que eles se reeduquem e passem a se vê como partícipe da vida aprendendo a colaborar com as leis divinas.

Como jornalista  fiquei com um dedinho a mais de curiosidade para ver como é a realidade desse educandário. Mas tive de me contentar com essas poucas explicações que recebi.

Quanto a mim, estou onde desejei. E ao solicitar fui atendido por Deus, com uma condição: Que a minha escrita despertasse as pessoas para a vida como um todo.

Como pai  estou feliz.

 Como esposo e como jornalista que fui vou continuar pesquisando para aprender e trazer mais novidades do plano maior. Lembrando que nem tudo que idealizo sou autorizado a repassar.

A disciplina é a regra mãe de quem deseja crescer e ascender espiritualmente.

Contudo, até agora Deus tem sido muito generoso para comigo.

Em contrapartida,  estou tentando fazer a minha parte por aqui.

Mas hão de pensar, esse jornalista somente pesquisa e escreve?

Eu lhes digo que não. Temos nossas atividades que fazem com que o nosso coração cresça em relação ao outro, afinal agir e trabalhar como espírito e “morreu descansou” há uma imensa diferença.

Descansar? Claro, somente nos primeiros dias, depois meu amigo é batalha interna para tornar-se digno das bem-aventuranças de Deus que nos ver a todos de forma igual, vivos e atuantes, fazendo ou refazendo as nossas histórias de vida, tanto na terra como nos locais mais sublimes que existem no universo.

                      Roberto Marinho

Canal: Francyska Almeida-130907-Fort/Ce.

                                   

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!