Gratidão a ti

 Gratidão a ti

Vida, o que me dás?

Vida, que me darás mais tarde?

Sou-te grato aos prenúncios da felicidade

Vida, que me mostrastes?

Amigos amados, amigos antigos

Ó vida, que belos presentes me dás

Sou-te grato pela energia do caminhar

Pela energia do escrever

Pela luz dos meus olhos e do meu coração

Que me fez poeta um dia!

Vida minha, escancara as portas

Do aprendizado a minha alma

Diz-me que não falharei

Nos meus compromissos de fé

Diz-me também que nesse porto que vou ancorar

Deus estará comigo a guiar os meus passos

Ao lado dos meus tutores os quais já conheço

Vida, vida, me colocas agora ao lado de quem amo

Para o resgate do meu dom de servir

De amar e ser feliz em terras brasileiras

Ó Brasil, pátria querida acolhe-me

Como uma alma trabalhadora que volta

Para permanecer burilando

O seu cristal interno latente

Para que um dia pelas leis do conhecimento

E do amor universal

Sinta-se perto da pureza de um diamante

Com a chama do amor que arregimenta

A vida transparente e imortal

Deus, sou o teu filho agradecido

Por tudo o quanto  me concedestes como espírito

Durante o período em que me preparava

Para na terra ser mais um dos teus servidores

Em consciência humana, divina e universal!

                     Antero de Quental

Obs: Despedida de  Antero de Quental para mais uma volta à carne. Muitas  saudades. Desejo-lhe todo progresso nessa nova etapa. Beijo o coração do seu espirito poético, amigo e acolhedor!

Até um dia bom amigo, até um dia...

 

        Canal: Francyska Almeida-061209-Fort-Ce. 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!