DESCONTROLE EMOCIONAL- MEIMEI

DESCONTROLE EMOCIONAL- MEIMEI

 

                      

Por que será que o ser humano consegue se descontrolar tão facilmente?

É nesse momento que ele consegue reduzir todas as possibilidades do contatos com as forças celestiais mais sutis.

Quem se descontrola e deseja sempre oferecer o troco do que recebeu, está longe do objetivo do comedimento da vida.

Que sentimentos que a criatura acessa durante uma explosão de raiva?

1.     O desequilíbrio que ainda é portador

2.     A realeza do seu orgulho e da sua vaidade

3.     O desejo de sobrepujar aquele que possivelmente lhe ofendeu

4.     A força da inferioridade que sua alma é portadora.

5.     A falta do exercício da bondade e da compreensão

Quem ama releva os insultos.

Quem ama olha o agressor com compaixão percebendo que o seu estágio ainda comporta esse tipo de caráter.

Não há como iludir-se. Iludimo-nos somente com o que queremos para esconder os nossos  defeitos.

Ler o legado de Jesus é uma tarefa fácil e de muitos. Sair da teoria para entrar na prática é o grande desafio das almas.

Jesus com toda sua mansidão jamais se impacientou, embora haja quem tenha feito registros de sua história acreditando que descompensado, frágil, agressivo e inquieto  tenha chicoteado alguém que não entendeu o poder do seu amor.

Jesus é muito claro nas suas afirmativas: “O reino de Deus está dentro de vós. Bem aventurados todos os pacificadores porque herdarão a terra”.

Quando explodimos ao simples toque negativo de outra pessoa,  a nossa alma perde tempo e nesse momento arrasta para si uma boa quantidade de energias indesejáveis.

Quem se desarmoniza facilmente ainda não sintonizou o amor cristico.

Existe   sempre uma forma de dissimularmos as ofensas quando emitidas através de dardos contaminados de veneno.

Observemos onde pisamos e silenciemos as nossas observações pouco felizes.

Portanto,  desejemos a paz, a humildade, a fala certa  na hora certa para que mais tarde não nos tornemos vitimas de conceitos originais e antigos que não se   baseiam mais na  nova realidade da vida.

Através da vivencia cristã vivamos o bem,   mesmo que não tenhamos  nenhuma religião em vista.

Religião é caminho. Religião é conceito interno que a alma reinvidica de acordo com o seu amadurecimento.

Religião é amor e   quem ama jamais deseja vingança.

Quem ama está sempre pronto  a perdoar e a abandonar os melindres que tantos causam as depreciações indevidas.

Quem ama, caminha no amor e não se liga nas atitudes mesquinhas, porque exercita sempre as idéias altruístas visando o aprendizado necessário aos desmatamento das não virtudes  recheadas de negatividades.

Somente crer no Cristo redivivo também não basta.

Quem almeja verdadeiramente aprender com o Cristo, não faz citações evangélicas, vive-as e atua com as mãos e o coração com todas elas.

As atitudes vividas com os seus ensinos anulam toda e qualquer indiferença.

Quem ama realiza com amor o que lhe vem na alma.

Quem ama não explode com palavras frias e calculistas.

Quem ama, espera com toda sinceridade a hora de deixar o recado bondoso que o seu coração compreende.

Quem já entrou pela porta dos ensinos amorosos de Jesus não pode justificar-se em agressões, violência ou respostas ao que recebeu de grosseiro em outra ocasião.

Quem lida com a espiritualidade não deve se justificar em contendas.

Quem ama de verdade, resgata toda ofensa com amor porque nenhuma delas conseguiu abater as virtudes de sua alma porque não mais se permite ser abalada por confrontos que negam a mensagem desse Amigo que reina em plenitude nos astros, nas estrelas, na lua e em outros locais e esferas onde sua luz irradia.

Quem se propõe a lidar com as lições de Jesus, jamais deve deixar a sua mensagem de revolta e sim de otimismo através de palavras suaves e sensatas, para que através do diálogo bondoso e feliz se estabeleça uma evidente reflexão.

Quem ama, não repete o que recebeu, vira o jogo e deixa no ar o seu verbo de elevado entendimento, elevando o outro diante da sua consciência que é a própria vida em aprendizado eterno.

A força desse amor que acreditamos lhes conceda uma parada para refletir a cerca do que Jesus possa está operando em suas vidas.

Este amor nos move em crédito, em proporções que tencionamos aumentar a cada dia na  dimensão que nos acolhe desde o momento em que aqui nos aportamos de volta para a glória da vivencia dessa mensagem que nos aprofundamos todos os dias para a benção das nossas vidas se pluralizando aos que mendigam amor para a ressurreição exata da sua alma em qualquer tempo.

Amor, sempre amor é o caminho que deveremos seguir.

Exemplo maior de mansuetude? Jesus.

Nossa responsabilidade?

Segui-lo ao nosso tempo com abnegação, humildade,  consciência e muito amor.

                                                                        Meimei

                Canal: Francyska Almeida-260509-Fort-Ce.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!