CANALIZAÇÃO E AÇÃO AMOROSA -Plautus

CANALIZAÇÃO E AÇÃO AMOROSA -Plautus

  A canalização nos aproxima uns dos outros. Com ela as duas dimensões tornam-se uma. Acontece que nem todos os canais se abrem a verdadeira canalização por medo talvez, ou, alguns quando se abrem se acham maiores do que as pessoas comuns.

A vaidade é um veneno para o trabalho com o Cristo e para o Cristo.

A mediunidade é uma ponte de evolução para aqueles que se dignificam a praticá-la com seriedade e amor.

Vemos em muitos canais essa grande deficiência de se acharem privilegiados por terem uma maior facilidade com a conexão com os espíritos e planos multidimensionais.

Perguntamos: E se o canal extrapolar nesses entremeios, a força universal não pode também tolher essa maviosa oportunidade de redenção?

Os médiuns ou canais tão todos especiais para Deus porque são pontes livres para trazerem essa reconexão a qual as doutrinas ainda não se familiarizaram.

Então  com essa muralha feita de vaidade que tanto atrapalha a visão do ser em resgate,  fica difícil os espíritos sérios continuarem a trabalhar, ou a trazer os recados de Luz do Criador.

Todo canal tem o aval das luzes do universo até o ponto em que eles estão no mesmo eixo de sintonia.

Em assim me reportando, conhecemos muitos que hoje não mais trabalham  com as energias angelicais, mas com as inferiores que se camuflam se fazendo e posando de trabalhadores do Cristo.

O discípulo do Cristo deve ter muita humildade reconhecendo que ele é portador e não autor das vibrações escritas provindas de várias regiões do Universo.

Então amados,  muito cuidado com a vaidade.

Nenhum canal que possui hoje  muitas responsabilidades,  são anjos ou mestres e sim,  devedores que vem corrigir as suas falhas nesse milênio através do trabalho suave com as entidades  crísticas.

Por favor, não se achem maior ou se equiparem ao Mestre, porque com certeza para chegar a angelitude  ainda falta muito  de verdade.

Coloquemo-nos a disposição de todas  as plêiades,  de todas as hierarquias, conscientes de que não somos os melhores, somos trabalhadores da luz nesse novo tempo.

Ninguém está acima de ninguém por ter cultura, ou por ter vivido em civilizações mais avançadas na terra. Todos  estão na condição de devedores da vida.

Quem na terra já ama igualmente a Maria de Nazaré ou a uma de suas trabalhadoras e trabalhadores que convivem com o seu infinito amor e a grandeza do seu coração?

Ponham os pés no chão e se coloquem como instrumentos ainda muito falhos desse intercâmbio cujo suporte  está o Cristo Jesus.

Não se iludam em acharem que daqui a pouco vão criar  asas, e sair flutuando.Continuem trabalhando fervorosamente e amorosamente nas lides do Cristo.

Somente a escrita não lhes dará a evolução que desejam.

Vede a quem sofre. Abra os braços à fraternidade porque a dor cresce,  e vai crescer mais ainda.

Acolha aqueles que puderem acolher com uma oração, com um pedaço de pão ou com uma sopa,  atitudes básicas que um discípulos da luz pode exercitar para baixar o seu orgulho e a sua vaidade.

Chegue perto de quem sofre como o Cristo chegava.

Que a palavra consoladora chegue na hora certa juntamente com o prato de sopa quente.

Em verdade a  santa e abençoada mediunidade é muito abrangente. Aprendei a fazer uso  dela   por  onde  passares.

Estudem a personalidade do Cristo juntamente com  os seus ensinos. Verão que se assim procedem ainda precisam recusar os véus da ilusão de quem pensa que com o trabalho canalizador já conseguiu o céu para si.

Despertem para o irmão que sofre.

O discurso belo é contundente, mas as boas ações podem simplificar e justificar a sua essência.

Saiba que cada canal tem o seu prontuário e é corrigido e atualizado dia após dia.

Se não sabem também, há uma junta de espíritos responsáveis por seus arquivos presentes.

Diante dessas observações somente temos a informar-lhes  de que são observados pela Providencia divina, e quiçá cada um possa dar o melhor de si liberto das chagas morais que tanto atrapalham a vossa evolução.

Como canal tendes o grande encargo de mudar os vossos destinos e os destinos humanitários.

Imagine milhões de canais fazendo o mesmo trabalho na mesma sintonia do amor cristico?

A terra logo se iluminará,  meus camaradas e minhas camaradas.

Desejo que reflitam sobre o vosso comportamento como médium  ou canais de Deus.

Se refaçam desses sentimentos que não mais lhes cabe nesse momento de transição.

Com o amor que sempre dedico aos terrenos especialmente aos canais de Deus, abraço-lhes em fortaleza e que possam sentir-se integrados a energia do fazer com amor e humildade.

Reformas interiores já.

Em comunhão com o Mestre azul da vitória e da serenidade, sou o seu mensageiro nesse momento a trazer de todo coração essa  alerta e a solicitar que efetuem essa intervenção interior: Plautus

                  Canal: Francyska Almeida-030710-Fort-Ce.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!