As tormentas da alma duvidosa

  Constantemente vemos pessoas assoladas na dúvida dos seus atos, dos seus projetos, das suas incertezas.

É um triste referencial.

Acordar para nós é urgente. Estou nessa, e nesse despertar.

Somos tão adultos para as dúvidas, não?

Estive algum tempo nessa morosidade de  pensamento. No passado, claro.

O presente é outro setor. Energias aceleradas. É a coroação do nosso ser com a  percepção dos  nossos atos.

Fomos imprudentes inegavelmente, e até  inconsequentes.

Mas viramos essa mal fadada página.

Hoje agito diferente, com o meu coração e a disponibilidade de plantar o bem para colher o bem.

Já ouviram dizer que só se chega  à alvorada  após a passagem pela noite?

Então meu amigo, chegou a  hora do despertar.

A chave está em suas mãos para que te voltes para o que és e para o que podes realizar como ser humano racional criado para a perfeição.

Antes não me atinha para as questões de ser, ou do meu ser.

E vocês são testemunhos que apanhei bastante.

Hoje é um novo tempo que estamos a compreender. É o nosso tempo interno.

A sabedoria e o amor pertencem ao foco que desejamos alcançar.

Muita gente ainda vive fora de si e não olha para o que pode ser daqui para frente.

Sente-se em frente a um espelho e se olhe por fora e depois feche os olhos e se veja por dentro.

A  beleza externa não conta. Mas o raio interno da evolução e da iniciação ao amor verdadeiro, esse sim.

Nunca fui religioso,  podem pensar. Mas quem está falando em religião?

Estamos falando em dispersão das tormentas da alma.

A alma viva recorda que precisa ser altiva e feliz.

Então, por que não fazer a conexão com essa essência propensa as consequências  positivas no hoje?

Já sabem que a maestria é o nosso futuro.

Se assim o será quando vamos iniciar essa busca de nós mesmos em acertos e perdão?

Ora, vocês podem até se dizerem cansados das decepções e das dificuldades da vida...

Os santos que vocês conhecem não fizeram toda essa iniciação para chegar onde estão e se tornarem ajudantes do criador?

Erraram ou não?

É claro, que a via de acesso à luz da perfeição é igual para todos nós.

Voa melhor quem voa mais alto, ou, se  precisa voar com perfeição?

É isso,  não basta dizer que é bom, se enfeitar e posar de bom.

A bondade transcende as palavras.

Aqui nos propomos a nos ver como somos. A olhar o passado para não reincidirmos nos mesmos pontos que nos fizeram atrasar o  contexto da nossa evolução espiritual.

Penso, logo existo e ajo com amor e benevolência. São lições imprescindíveis na escola a que frequento como espírito liberto da carne.

Ouvimos a nossa voz interna a nos pedir mudanças.

Graças a Deus, a Jesus que já o tenho como mestre,  que estamos nessa caminhada de acertos renovando-me a cada dia para não ser mais um jovem fora da realidade da vida e ainda por cima: Encaminhar pessoas ao meu mundo inferior que não me compensa mais.

Não foi fácil mudar todos os meus paradigmas. Mas enfim, eu tinha outro caminho?

Paciência meus amigos, saibam que todo e qualquer excesso nos compromete. Não tenham dúvidas.

A meta é acabar com as culpas danosas, perdoar-se para ser perdoado e doar-se.

O estudo de nós mesmos é imprescindível.

Agregá-lo a religião, com certeza os resultados serão profundamente  mais benéficos.

No entanto, cada cabeça faz como acha que deve fazer. E devemos nos manter em respeito a aqueles que desejam devorar os livros sagrados em que acreditam e não os praticam.

Não podemos mais perder tempo com idéias que não nos faça crescer. O tempo urge em corrida extraordinária e de repente, não temos como chegar até ele.

Somos iniciantes na prática do amor. Um dia por certo, nos aclamaremos em amor total. Por enquanto, o exercício deve ser diário.

Abrandando o nosso ser e convictos de que nos analisando, nos conhecendo estaremos viabilizando a vibração de um  novo tempo para nós.

Mas afinal quem lucrará com esse abnegado exercício?

Primeiro nós, depois o planeta e sua humanidade.

Todos  tencionamos melhorar um dia. Que esse dia seja amanhã, seja mais tarde, ou seja, hoje.

Reverter os nossos enganos é urgente contemplando-nos  livres das tormentas que geram  algemas em nosso ser em peregrinação até outras existências.

É agora a hora do grande salto evolutivo.

As divindades superiores desejam nos ajudar, uma vez que nos propusermos a sermos outras pessoas renovadas de ações, sentimentos e de amor.

A alma não deve viver em mais em conflito. Apaziguar-se é uma necessidade.

Estando em paz, vamos oferecer paz! A paz não o estágio que podemos compreender para praticá-la?

Deixo-vos a paz e a minha paz vos dou! Jesus.

Então são essas notinhas aprendidas que repasso com amor para vocês. Não é na grande casa em que moro no andar de cima que  é a morada da verdade?

Eu mudei meninos e meninas! E vocês aí em baixo não devem perder tempo.

Façam o bem. Vivam em paz. Dêem amor e recebam amor!

Deixem os enganos para trás. É o que fiz por aqui até agora. Digo, logo após entender que não pertencia mais o mundo dos chamados encarnados.

Se eu mudei aqui em cima, vocês podem também aproveitar para fazerem o mesmo. Estou liberto de muitas  “coisitas” graças a Deus.

O tempo me fez assim: Maduro, sensato e reabilitado.

Não me chamem de “careta”, porque sempre  me atualizo nessa escola feitas de véus sutis onde a natureza divina é  mais significativa do que a que vocês vêem e tocam todos os dias.

As terras divinas possuem  outro semblante: Puro, sutil, místico! Eu  diria que mágico!

Até breve meus queridos amigos e amigas. Torço por vocês, tá?

Abraço-lhes com a certeza de que podem agora pensar diferente e agir diferente, pois o tempo voa sem parar!

Fico por aqui. Eu volto com mais reflexões.

                                                       Paz total: Renato Russo

               Canal: Francyska Almeida-121010-Fortaleza-Brasil.

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!