Amor Incondicional - Ragnez

Amor Incondicional - Ragnez

 

Almejar amar sem medidas e incondicionalmente, é mais que plausível a criatura humana. A conotação de amor que vemos na terra é muito pobre, inadequada ao sentimento que movimenta o coração do universo.

Mas como amar sem a performance do pieguismo, da corrente algemadora?

O amor é livre e benfazejo.

Quando se ama dar-se oportunidades para a pessoa amada fazer as suas mais caras escolhas.

O caminho do amor não pode ser aprisionador e nem violento.

Matar por amor? No dicionário das leis divinas não há o registro desse termo.

O amor é leve, sabe esperar e sabe compreender.

O amor não ataca e nem agride com palavras.

O amor é a razão da evolução das almas.

Somente aqueles que aprenderem a amar com o exercício da humildade, da paciência do doar se engajarão no caminho

da perfeição.

O amor transborda de leveza a criatura que ama, porque não impõe as suas regras. Ama por amar e sabe compreender qualquer fragilidade junto aos relacionamentos.

Mas para amar é preciso purificar a mente, o coração para que nesse raio de dignidade possa se preservar da maldade

e da maledicência.

Quem ama rechaça qualquer pensamento inferior porque todo espaço da sua mente é tomado pela força da beneficência.

Quem ama dar liberdade para o ser amado e confia na sua presença como parceiro ou parceira.

Todas as dificuldades que o ser na terra passa vem

da falta de amor.

Pelo desamor o homem  entregou-se aos prazeres mundanos sem o desejo da retificação da sua conduta.

Pelo desamor curtiu a materialidade da vida sem olhar para o seu coração.

Portanto, amar é dar espaço para as pessoas serem

como são.

Ninguém precisa mais viver um amor egoístico,

um amor violento.

O amor tende a refinar-se com a refinação da criatura na carne.

Quem já começa a sentir os primeiros acordes desse amor cristico, se iguala a todos os seres que estão no mesmo processo de ascensão.

Quem já entende que precisa exterminar os velhos sentimentos grosseiros, é candidato a amar sem medo de ser feliz.

Quem ainda vive preso as dependências de diversas categorias, precisa desapegar-se para abrir passagem para os seres que diz e demonstram amar.

Liberta-te do apego infeliz. O apego não é amor, dependendo do grau pode ser uma patologia digna de ser tratada.

O amor soa plenitude, entrega, doação!

Ama-te profundamente para compreenderes que podes oferecer o teu sincero amor sem condições, espelhando-se no amor que o Mestre Cristico veio nos exemplificar na terra.

Ama e se ilumina para iluminar a vida daqueles que necessitam desse amor límpido e fraterno.

Sê amoroso de coração e de atitudes.

Se desejas conseguir esse estágio, é de ti que o Cristo necessita para continuar a sua obra no planeta terra expandindo-a para as suas infinitas moradas.

O amor irradia  e restabelece as camadas energéticas negativas com os seus holofotes de luz.

O amor eleva trazendo a alma uma nova e purificada essência.

Em cânticos e louvores angelicais, ama o amor e o esparge para ti e para a humanidade enferma e carente.

Mas para chegares a esse exercício, dar o melhor de ti independente de qualquer religião que possas professar, porque quem ama ganha um passaporte para as moradas superiores da vida viajando juntamente com o amor

dos seus habitantes.

O amor é a essência da vida, e é dele que todos precisamos para transcender.

 Ragnez

               Canal: Francyska Almeida-200409-Fort-Ce.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!