Acorda Brasil

 Acorda Brasil

      Dormes Brasil, em teu berço esplendido

Cheio de almofadas férteis e perfumadas

Mas a hora do acordar e do acordo chegou

Não podes linda Pátria te afirmar assim

Levanta para crescer e ganhar os teus lauréis

Como um grande país que és

Desperta para os teus trabalhadores

Que desejam salários mais justos

Mais previsíveis a sua capacidade de produção

Não entrega toda soma guardada

Para os teus dirigentes

Pois eles não suam porque vivem

Nos ar condicionados do Planalto

Aumenta Brasil condignamente

O pobre e velho salário mínimo

E reserva gentilmente para cada trabalhador

Um emprego, uma tarefa remunerada,

Um lugar justo ao sol brasileiro

Leva Brasil aos teus bons candidatos

O trabalho incansável em favor do povo sofrido

Valoriza a enxada e o potencial de cada um

Acorda Brasil para as tuas florestas devastadas

Através de um simples sinal de maldade

Deixa que o respeitável matuto plante

Mas a ele dê condições de sobrevivência

Remunera Brasil os teus senadores

Mas dá-lhes acima de tudo trabalho fará fazer

E projetos nobres para empreender

Em favor do povo que lhes elegeram

Desperta meu amado Brasil

O caminho correto não é o atual

Lembremo-nos do solo rico

Das armas de cada trabalhador

Que somente Brasil, pede trabalho ou emprego

Para te engrandecer nesse período

Em que os escândalos milionários chegam

Aos nossos ouvidos em bandeja suja e intragável

Acorda Brasil, são oito horas da manhã

Coloca teus deputados no Congresso

Para trabalhar também oito horas

Como os outros teus trabalhadores o fazem

Desperta Brasil, o Divino Senhor está atento

A alguns desses vossos intragáveis planos

E nós os brasileiros honestos

Que sempre primaram pela tua evolução

Através do povo da classe mais fraca

Estamos de olho aqui no andar de cima

Lamentando claro, mas vibrando

Para que um dia chegues a ser

A verdadeira pátria do Cruzeiro

Sem os péssimos vínculos da corrupção

E da falta abominável de caráter

Não somente nós os brasileiros

Que ainda considerais ilustres

Mas a força divina que atenta está

Para as injustiças que sem comedimento

São exercidas por corações gananciosos

Que um dia responderão por suas falhas

E os farão habitantes de outras esferas

Onde poucos direitos exercerão

E a justiça divina assim se cumprirá

Porque   a vida caros diplomatas

Não termina na terra

 e o sofrimento pelos erros   na dimensão terrena

Serão revelados cá em cima

E nessa oportunidade vocês serão entregues

 A própria sorte e a consciência da vida

Pelo dever não cumprido em terras brasileiras

Portanto, ainda há tempo!

Acorda Brasil e desperta também os brasileiros

Que comandam sem afinco os teus sérios e célebres destinos!

                             Castro Alves

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!