A força da terra - Um Indio Kaiapó

A força da terra - Um Indio Kaiapó

 

A terra é mãe promissora. Realiza invisivelmente o seu movimento nos trazendo a sua energia para esse novo tempo.

Olho o céu à noite em estrelas e me vejo ao lado dos meus na minha antiga tribo.

Onde estarão todos?

Que direção  tomaram nesses últimos cem anos?

Tentei ensinar-lhes o que recebia do Pai Sol, mas será que trouxeram mesmo para cá esses conhecimentos?

Fico a imaginar onde estarão todos nesse momento.

O índio gosta dos seus festivais de cura.

 Mas será que hoje em outros corpos diferentes ainda entoam os seus cânticos?

Tenho saudades de todos. Sou capaz de lembrar um a um.

Enfim, todos tomaram o seu rumo.

Se hoje são curadores ou não, o que importa? Fiz a minha parte, ensinei o que aprendi.

Onde estão todos?

Somente o pai sol e a minha amada estrela saberá.

Um dia quem sabe o Deus de luz nos alumiará para que nos reencontremos.

Em pajelanças de amor oro a todos da minha antiga tribo.

Quanto a mim continuo aprendendo sobre as ervas, sobre a cura e tentando um dia voltar em outro corpo para curar com as novas e modernas pajelanças as quais não sei como serão.

Agradecido ao criador, sou um estudante em penas e plumas de amor a vida e a sua natureza.

Um Indio Kaiapó

Canalização Francyska Almeida

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!