REMINISCÊNCIA DO ENCONTRO LUMINOSO

 REMINISCÊNCIA DO ENCONTRO LUMINOSO

 

 Na data de vinte e cinco de janeiro é feita na terra a celebração  da conversão de Saulo para Paulo de Tarso.

Todas essas lembranças me trazem apenas uma figura: A do mestre Jesus que ao dar o ar de sua graça junto ao meu espírito enfermo na época, se instalou  para sempre não deixando vaga para nenhuma dúvida. Felizes daqueles que se permitem ter a companhia da luz maior do universo consigo.

Abri-me a esse valoroso Senhor que me invadiu e tomou conta de todo o meu ser. Tal era a minha identificação com essa grandiosa luz que a respirava nas entranhas de minha alma e dos meus órgãos físicos respiradores.

E hoje me pergunto: Quantas almas na terra sentem realmente a grandeza desse Mestre?

Quantos estudam pormenorizando toda a sua estrutura mística e cristica, vida, morte física, enfim, toda a sua história e não conseguem vivê-lo em plenitude dentro de si?

Quão pouca é a sua fé.

Quão pouca ainda  é a  sua sabedoria.

Para mim bastou um encontro somente, e até hoje continuo firmemente sendo o seu seguidor e o tenho como meu foco sagrado  em todos os instantes de minha vida de espírito imortal.

O que vale para a alma na terra é a sinceridade de sua conduta. Reconhecer até que ponto ela é nociva ao seus dias e buscar o arrependimento sincero para sua vida subsequente.

Que importa o erro se depois dele nos conscientizamos e conseguimos reverter tudo de errado o quanto fizemos?

Enfim, em nossos ombros pesa realmente a perseguição.Mas quanto a mim, perseguia por uma causa que considerava justa com a  sinceridade que tinha com os meus princípios no que acreditava rigorosamente.

Não posso contar quantos inocentes foram rechaçados sob minhas ordens frias e calculadas como corretas.

Um messias com os traços que me falavam, incomodava-me. Era um intruso  ao  meu ver. Mas eu nunca o vira antes. Quando reformulei tudo o quanto pratiquei, cheguei a sentir asco de mim. Contudo, percebi que esse não era o caminho. O Cristo jamais me atiraria infâmias por conta dos meus erros.

Alguns se foram através da perseguição. E quantos outros aprenderam a amar o Senhor que vi em forma de luzes fortíssimas a caminho de Damasco?

Fiquei devendo muitas vidas? Sim. Mas tentei me doar    entregando-me   ao ministério de amor a vida e as vidas que encontrava no meio da minha caminhada de viajante pregador!

Com essa afirmativa, não desejo dizer que uma coisa apagou a outra, sabemos todos que não, o que está feito continua. Entretanto, podemos suavizar esses desastres com a firmeza dos nossos atos de consciente amor e doação aos que sofrem.

Bendito aquele que se transforma ao primeiro encontro com a luz cristica de Jesus. Creia-me, ela é tão poderosa e irradiante que qualquer um se perderá no exato momento.

Realmente não poderia ser diferente. Jesus redivivo estava ali comigo humildemente de forma tão suave que eu com a minha exagerada empáfia não tinha como percebê-lo em sua angelical pureza.

Mas Ele, o grande Senhor da luz, veio até mim por compaixão de minhas desditas na carne. Creiam-me foram instantes retumbantes e decisivos para a minha alma. Nada me faz apagar mesmo contando com o tempo que  passou. Hoje, ao manter contatos com o Cristo algumas vezes ainda consigo aprender com o seu gesto daquele dia em que minha alma queria mais vingança, pois os seguidores do Mestre eram muito altivos em suas convicções. Tal postura  

irritava-me Eu Saulo de Tarso, somente queria ver a minha doutrina. Todas as histórias do Cristo que a mim chegavam me deixavam desequilibrado.

Feliz de mim que consegui ouvir uma grande afirmativa de Estevão, que categoricamente na sua agonia e dor dizia-me sorridente e baixinho: quando você caro irmão conhecer a Jesus você o defenderá como defende a Moisés. Foi contundente, mas não convincente naquela ocasião. Felizmente o mestre se apiedou de minha fraqueza, eu a chamaria assim, mas não de maldade. Toda perseguição dessa natureza é um ato de covardia, cegueira, literalmente.

Mas a vida seguiu para mim em um reservatório de alegrias e surpresas a cada grupo formado. Um grande contentamento por seguir disciplinadamente as intuições recebidas do Alto.

Eu comia pouco, e estava sempre saciado. Era alimentado espiritualmente durante as noites. Isso facilitava um desenvolvimento maior da minha faculdade perceptiva e intuitiva. Lembrava muito bem do que vivia durante o repouso do corpo cansado. E no outro dia lá estava novamente cumprindo minha tarefa do “Ide e pregai” a todas as multidões que encontrava.

Nenhum medo, nenhuma dúvida mais alimentei, pois o Cristo vivia dentro de mim, e eu o respirava profundamente. Quanto mais eu cumpria os seus desígnios, mais sentia vontade de prosseguir sem jamais esmorecer. Assim a família cristã cresceu, o Evangelho foi disseminado com todo amor, e eu por fim consegui junto aos demais dar o melhor de mim e resgatar muito do que havia feito.

Reencontrei-me em perdão com todos os antigos perseguidos, não como verdugo, mas como amigo e executor das resoluções sagradas do Cristo.Felizmente  estes já estavam tão luminosos que me deixaram ofuscado com seu brilho.

Quanto  alívio senti!

Eu estava em espírito ciente de todo processo das vidas sucessivas. O passado foi uma lição aproveitada.

Hoje como Paulo da  Luz confiante estou como um dos encarregados de auxiliar o Mestre em suas luzes que enfeitam o planeta terra em cores, em remédios de amor para toda humanidade.

Como vêem caríssimos: O que falta no planeta terra é a presença verdadeira do Cristo nos corações que o aplaude, o estuda e o exalta.

Um dia quando aprenderem a amá-lo como deveriam serão felizes e desprovidos de toda vaidade.

Tenha essa visão do Cristo interno, e nunca mais suas vidas serão rasteiras. Vocês sobreviverão com a chama da luz branca irradiando para sempre suas vidas, e esse tesouro estará para sempre dentro de suas almas e de seus corações feliz com a pureza de alma, e a certeza de que ela está toda enfeitada da luz branca e irradiante do Cristo de Deus.

Com suaves lembranças do encontro luminoso com o velho Saulo de Tarso, sou hoje o discípulo da luz irradiante do meu amado Mestre Jesus Cristo.

                                                           Paulo da Luz

                        Canal: Francyska Almeida-250107-Fort-Ce. 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!